BANNER AUTOWILLE

Suspeitos de tentativa de homicídio são identificados pela polícia civil.

0

A Polícia Civil de Ji-Paraná obteve sucesso na identificação e apreensão de dois suspeitos de tentativa de homicídio, Cleiton Martins de Oliveira e Vitor Luan da Silva Pereira. Os dois indivíduos são acusados de uma tentativa de homicídio no Bairro Primavera, assim como de outro homicídio ocorrido na mesma cidade.

No dia 23 de janeiro de 2024, na Rua Plácido de Castro, Bairro Primavera, Cleiton Martins de Oliveira e Vitor Luan da Silva Pereira, portando armas de fogo, tentaram contra a vida de um casal residente na área. A vítima do Bairro Primavera sofreu ferimentos graves e foi levada para o Hospital Municipal, enquanto a mulher, por sorte, não foi atingida e prestou depoimento na Delegacia de Polícia Especializada, identificando os dois suspeitos como autores do crime.

Logo após o incidente, a vítima gravou vídeos dirigidos a amigos e familiares, nos quais pediu desculpas por eventuais mágoas causadas e alertou sobre os suspeitos: “foi o Paulinho e o Menor Cria, armaram para mim, se cuida que eles tão descendo ai”.

 

Segundo as informações coletadas, o crime em questão parece estar ligado a uma tentativa de eliminar testemunhas de um homicídio ocorrido em 19 de janeiro de 2024. No dia seguinte, foi encontrado o cadáver de Valdinei Tavares da Cruz no Bairro Dom Bosco, onde Cleiton Martins “Paulinho” estava presente, juntamente com o casal que foi alvo da tentativa de homicídio no Bairro Primavera, além de outras duas pessoas.

Há também suspeitas de que Cleiton Martins “Paulinho” e Vitor Luan “Menor Cria” possam estar envolvidos em outro homicídio ocorrido em 16 de janeiro de 2024, no Bairro Primavera, tendo como vítima Ademilson Pedro da Silva, conhecido como Morcegão.

O Ministério Público manifestou-se a favor do deferimento do pedido de prisão preventiva para os suspeitos, dada a gravidade dos crimes e a necessidade de garantir a segurança da população e o andamento das investigações. Este caso destaca a importância do trabalho conjunto entre as autoridades policiais e o Ministério Público na busca pela justiça e na garantia da segurança da comunidade.

PASTELARIALOPES

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

error: Content is protected !!