BANNER AUTOWILLE

Prejuízo milionário: em Ji-Paraná, PRF apreende mais de 140 Kg de drogas.

Dano às organizações criminosas se aproxima de 19 milhões de reais.

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, na tarde desta quinta-feira (22), realizando atividade de fiscalização de trânsito na BR 364, próximo ao Km 330, no município de Ji-Paraná/RO, interceptou um carregamento de drogas ilícitas sendo transportado por um motorista, de 43 anos, que viajava em uma combinação de veículos de carga (CVC), predominantemente de cor vermelha.
A equipe da PRF se encontrava em ronda pela rodovia quando avistou a CVC parada no acostamento, momento em que foi realizada a aproximação por parte dos policiais. No decorrer da abordagem, foi solicitado ao homem os documentos de habilitação, do veículo e da carga, porém, o motorista se mostrava bastante nervoso e inquieto com a fiscalização, além de não conseguir responder questionamentos básicos como, por exemplo, onde morava.
Questionado de onde vinha, respondeu que estava retornando de Porto Velho/RO, onde havia recebido a combinação de veículos de carga, mas a informação não era compatível com a que constava na DAMDFE, que estava em seu nome, e tinha como origem Mato Grosso e destino final Amazonas. Apesar das divergências, o rapaz insistiu que se tratava da sua primeira viagem.
Com a porta aberta, foi possível ver que dentro do veículo tinha algumas caixas de papelão. Foi perguntado o que havia dentro das embalagens e o homem respondeu que não sabia do que se tratava, pois era uma carga que havia pegado na beira da estrada.
Diante do nervosismo, das respostas desconexas, bem como do conflito entre as respostas e os dados constantes no documento, a equipe decidiu realizar uma fiscalização mais detalhada a fim de localizar algum ilícito.
Após realização da inspeção no veículo, foram localizados diversos tabletes dentro das caixas contendo cloridrato de cocaína, pasta base de cocaína e skunk (supermaconha).
Ao total, foram contabilizados 64,08 Kg de cloridrato; 57,6 Kg de pasta base e 22,4 Kg de skunk. As drogas foram encaminhadas à Polícia Judiciária para destruição. O traficante também foi conduzido à Autoridade Policial.
Conforme estimativa da Polícia Rodoviária Federal, o prejuízo estimado aos criminosos é de, aproximadamente, R$ 18.500.000,00.
Rondônia não produz cocaína, mas é um dos Estados que faz fronteira com a Bolívia (um dos três países com maior produção da droga no mundo), tornando o nosso território um dos corredores de escoamento da produção andina, que é destinada ao rentável mercado europeu. Nesse cenário, esta apreensão representa mais um duro golpe ao crime organizado do tráfico internacional de drogas.

PASTELARIALOPES

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

error: Content is protected !!